20 fatos sobre mim – Linda

Sei que tem muita gente por aqui que nos conhece muito bem, mas também vejo o alcance do blog e isso, claro, nos faz conhecer cada vez mais pessoas. Para ficarmos mais íntimos, me inspirei e decidi abrir 20 curiosidades sobre mim, na verdade roubei a ideia da minha amiga Lays (bjo miga)…vamos lá:

1. Já detestei meu nome (hoje amo!)
2. Morei no Chile 4 anos
3. Leio muito rápido (livros acabam em 3 dias)
4. Sou totalmente intolerante à lactose
5. Não sou muito fã de chocolate
6. Tenho uma coleção de tênis
7. Sou apaixonada pelo estilista Elie Saab
8. Bebo chá desde os meus 4 anos de idade
9. Meu vestido de noiva não foi branco
10. Fui pedida em casamento nos alto-falantes do aeroporto internacional do RJ
11. Fico sem respirar pelo máximo de tempo possível quando alguém espirra perto de mim
12. Nunca quebrei um osso
13. Adoro correr (mas estou com uma lesão no joelho )
14. Não bebo refrigerante
15. Sempre leio livro, mensagens, jornal ou seja lá o que for da pessoa ao meu lado no metrô (às vezes até fico chateada quando trocam de página sem eu ter acabado, rs)
16. Massa com frutos do mar é meu prato favorito
17. Não gosto muito de maquiagem forte no rosto
18. Sempre sinto frio
19. Sempre reparo nas árvores durante o caminho
20. Rezo o tempo todo

 

 

E aí? O que acharam? Eu já tô curiosa com o próximo post, quais serão os 20 fatos sobre o Caio?

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 🙂

Gostou? Então compartilhe!

Top 5 – Caio

Como a Linda contou no último post, nós comemoramos 1 ano de projeto e estamos muito felizes com isso! Somos muito gratos por toda a repercussão e incentivo que nos está sendo dado.
Entendemos, a partir de tudo que nos foi passado, estar no caminho certo.

Reler alguns textos foi um exercício muito prazeroso pois passa um pequeno filme na cabeça desde quando estávamos decidindo o nome do projeto, como seria a marca…e tudo que o envolve.
Bom, seguem abaixo aqueles “frasquinhos” que acho mais especiais também em ordem cronológica:

 

 Virando o Jogo – 24 de julho de 2016

Situações do cotidiano nos trazem lições super importantes se a gente aprende a percebe-las. Um jogo de amigos e uma virada espetacular são o paralelo com situações adversas como a que eu e Linda enfrentamos.
É a inspiração do esporte, que vai muito além do que acontece dentro de campo.

 

Sem Pena – 25 de agosto de 2016

Uma lição de vida do meu sobrinho. As crianças possuem um olhar diferente de nós, adultos, e quando conseguimos percebe-lo e admirá-lo ficamos inspirados.
Esse texto aborda a visão dele sobre a Linda com toda a ingenuidade e sabedoria que uma criança tem.

 

Quimioterapia – Parte I – 15 de setembro de 2016

Pra chorar, refletir, agradecer, enfim…muitos sentimentos vem com a leitura de um texto profundo como esse. É uma descrição do que aconteceu, mas com a percepção de quem está passando por tudo aquilo.
Além dessa, a parte II também é obrigatória para entender melhor esse universo e o que nos propomos com o projeto.

 

Amor, Câncer e Sexo – 7 de novembro de 2016

Misturar essas 3 coisas em um post não foi fácil. Para muitos é um tabu e, ao mesmo tempo, uma curiosidade de algo que faz parte da nossa vida, inclusive durante o tratamento.
Por isso a Linda resolveu abordar esse tema.

 

 

Tá Faltando Quimio – 19 de dezembro de 2016

Uma dura realidade de muitas pessoas que não tem acesso aos medicamentos. Um texto que é um relato pessoal, mas que demonstra a importância de uma boa gestão e serviços de saúde públicos e o quanto isso afeta as pessoas (positiva ou negativamente).

 

 

Espero também, assim como a Linda, que vocês gostem, comentem e compartilhem essas histórias, pois sempre tem alguém olhando para sua janela e se inspirando para admirar a própria paisagem 😉

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 🙂

Gostou? Então compartilhe!

TOP 5 – Linda

Começamos a semana e com grande felicidade é que conto que estamos aqui, trocando algumas ideias, já há 1 ano. Demos uma volta completa em torno do sol e muitas coisas aconteceram, muitas pessoas foram impactadas, inclusive nós. Abrimos nossas janelas e mais de 70 textos, alguns escritos em meio a lágrimas, outros com sorrisos, mexemos nas nossas lembranças e reviramos tudo. Nem sempre foi fácil, mas sabemos o quanto nossa experiência de vida pode ajudar.

Pensei bastante no fim de semana e comecei a reler alguns textos, voltei no primeiro post, me perdi nas muitas linhas, analisei cada palavra e uns me “bateram” diferente de outros. Como temos uma taxa bem alta de novos visitantes no blog decidimos fazer um TOP 10 textos, separadas em 5 favoritos meus e, logo no próximo post, o Caio nos contará quais são os dele. Então vamos lá, começarei pelos mais antigos:

 


A descoberta – 4 de julho de 2016
Dividir o momento da descoberta faz as pessoas se identificarem, mesmo não se tratando do mesmo caso. Conto aqui como reagi à notícia de que estava com câncer, como tudo ficou embaçado e como o choque me fez ver tudo aquilo, como se não estivesse dentro de mim.

 

 


Água com açúcar – 11 de julho de 2016
Este é um dos textos do Caio que mais gosto, pois é a versão dele da descoberta e acho incrível as “armas” que o ser humano tem. Aqui ele nos conta em como se concentrou no que havia de bom naquele momento: o gosto daquela água com açúcar.

 

 


Quimioterapia – Parte II – 19 de setembro de 2016
A primeira quimio a gente nunca esquece! Essa foi a melhor e pior parte do tratamento, melhor porque você está ali recebendo a cura e pior pois foram os momentos de maior fragilidade emocional e física que já passei.

 

 


Ficando careca – Parte II – 17 de outubro de 2016
Sabe a cena da Carolina Dieckman raspando os cabelos na novela? Bom, aqui está a minha versão daquela cena, mas ao contrário da ficção aquilo era vida real. Apesar da seriedade do momento, foi mais uma prova de amor.

 

 


Fearless Girl – 26 de junho de 2017
Este é um texto bem recente e gosto bastante dele, me identifico com a “garotinha destemida” e tudo o que ela representa. Vejo muitas pessoas que conheço que tem essa atitude e postura diante das adversidades, inclusive uma amiga feita aqui no blog que vestiu a blusa de Mulher Maravilha e um sorriso para sua primeira quimioterapia.

 

Espero que vocês gostem, comentem e compartilhem essas histórias, pois sempre tem alguém olhando para sua janela e se inspirando para admirar a própria paisagem 😉

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 🙂

Gostou? Então compartilhe!