Here we go again!

Depois de algumas semanas temos esse texto novinho, cheio de amor e contando tudo dessa segunda etapa de vida, sim, muita vida! No início de julho, num sábado, entrei no banho e fiz um auto exame. Já havia se cumprido (em junho) os 5 anos e, teoricamente, agora as chances da doença voltar eram mínimas. Continuei tocando meus seios e lá, na mesma mama, quase no mesmo lugar onde o outro tumor estava tempos atrás, sinto uma parte endurecida e desconhecida. Digo isto, pois a mama direita já havia sido toda modificada por dentro e por fora, ela já era diferente e com muitas cicatrizes internas, mas eu me conheço, faço questão de entender cada pedacinho do meu corpo e isso sem dúvida nenhuma me fez reconhecer que embora muitas partes daquele seio fossem mais endurecidas, aquilo nunca esteve ali! As lágrimas no mesmo instante correram no meu rosto, misturando-se com as gotas do chuveiro. Tive tanto medo! Saindo dali avisei ao Caio e fiz ele sentir, era muito menor do que aquele LEIA MAIS [...]
Gostou? Então compartilhe!

Recomeço

Antes de contar como o cabelo começa a cair e de como foi encarar a segunda sessão de quimioterapia, decidi me aprofundar mais um pouco no tanto de sentimentos que aquelas gotinhas provocam. Pensando com mais calma sobre isso hoje, depois de 4 anos, é impressionante como se arma uma confusão dentro de mim. Imaginem naquela época onde tudo estava a flor da pele. Nos dias em que os sintomas são mais agudos pensei muitas vezes em abandonar o tratamento, no fundo sabia que não estava falando sério, era uma espécie de delírio. Quando o mal estar ia embora, me sentia boba por ter pensado nisso. A quimioterapia é uma prova de resistência e como estamos sendo expostos ao limite de nossas forças, física e mentalmente estamos frágeis, ficamos confusos e temos que nos vigiar para não desviar do caminho que nos leva a vencer. Faço parte de um grupo no Facebook, de mulheres que tem alguma relação com o câncer de mama e ontem decidi perguntar a elas LEIA MAIS [...]
Gostou? Então compartilhe!