Outubro Rosa

As coisas mudaram de 3 meses pra cá. Em vários sentidos. Pra gente. E talvez pra muito mais gente.

Abrimos a janela da nossa alma para contar nossa história e seus arredores; sem floreios, sem apelos, em toda sua beleza e tristeza. Essas verdades e lembranças, obviamente, mexeram com nossos sentimentos e abriram um canal até então inexistente ou inexplorado.

Essa abertura nos proporcionou situações que nós chegamos a prever, mas que quando ocorreram nos dão um misto de sensações pelo objetivo alcançado com preocupação de estar fazendo certo. 

Amigos e até pessoas antes desconhecidas se sentiram confortáveis de abrir suas próprias janelas e dividir um pouco de seus momentos. A maioria só por esse fato: dividir.

Anteontem (sábado) estivemos em um grande festa e a primeira reação de alguns amigos e conhecidos ao nos cumprimentar foi falar a respeito do blog. 

Festa e nosso blog combinam? Achamos que sim. E hospital? Também. Sorriso? Com certeza. Choro? Não tem como fugir.

Porque assim foi o câncer e seus desafios. Ele não se apresenta fora da nossa vida normal, não é um ente externo que vamos enfrentar em certos momentos ou deixar que se apodere de nós. É um “desafio” difícil sério, como tantos, que perpassa todos os aspectos da nossa vida.

Mas nós precisamos de signos que nos remetam a algo. Assim, por exemplo, é o Outubro Rosa. Campanha mundial que trata da prevenção e tratamento do câncer de mama. Nesse período é colocado (algumas vezes literalmente) um holofote rosa sobre o assunto para que sua repercussão gere informação e conscientização a respeito.

No dia 29.06 nós decidimos que nosso ano seria rosa. Nossa vida seria rosa. Não na cor, mas em seu propósito. As lembranças e marcas de uma experiência como essa não se dão somente em 1 mês, são para toda a vida. 

Remexe-las com frequência nos fez derramar algumas boas lágrimas a mais e também abrir largos sorrisos. Tivemos mais orgulho de tudo e também sentimos o peso do alcance obtido, pessoas em 192 cidades no mundo tiveram algum contato com a nossa história. E é uma exposição densa, profunda que nos propomos e temos tentado desenvolver.

Queremos agradecer o caminho até aqui e dizer que seguiremos sendo verdadeiros, levando esperança através de nossos frasquinhos, com a visão do nosso copo sempre meio cheio e cientes do compromisso que assumimos.

ulj_post-2

“E uma vez lançada, a palavra voa irrevogável.” Horácio

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *