Como encurtar a distância!?

O que dizer dessa semana meus amores? Estamos numa correria pelo casamento que vocês nem imaginam. A família esta começando a chegar e me inspirei para falar um pouco deles e de todo o cenário que estou vivendo.

 

Há quase 5 anos, passamos pelo maior desafio de nossas vidas. Fomos testados. Naquela época não tivemos muitos familiares aqui, justamente pela distância. Basicamente passamos por tudo minha mãe, o Caio, sua mãe, meu pai e, lógico, eu. Fez falta tê-los por perto, mas a prova era nossa, o caminho teria que ser enfrentado por nós. Descobrimos a família em amigos e aprendemos a encurtar a distância com as ligações, orações que sei que foram abundantes e assim os que estavam longe se fizeram presente. Sempre há uma forma de levar esperança.

post2

 

O aprendizado foi grande e aprendemos todos. Ver o esforço de cada um para estar aqui presente neste momento tão especial de nossas vidas me fez perceber o quanto eles não querem que a distância “atrapalhe” de novo de estarmos juntos (fisicamente) em ciclos importantes um para o outro. Ouvi do meu tio, que chegou ontem, numa conversa que tinha com minha mãe, de como ele se sente culpado por não ter movido “mundos e fundos” para ter vindo na época da minha doença e que não estar aqui para meu casamento seria imperdoável (para ele mesmo). Agora valorizamos o quanto um abraço presencial pode ser importante, principalmente nestes períodos mais demarcados da vida.

Chegada do tio Dario

 


Como sou sempre dá opinião que Deus sabe o que faz mesmo a gente não entendendo, agora sei que nós (enquanto casal e até para minha mãe), que fomos mergulhados nessa água turva sem máscaras para respirar, que vivemos a flor da pele todo o processo nos seus altos e baixos, foi primordial para sermos pessoas diferentes, sei que precisávamos passar por isso “sozinhos”. Era essencial para nosso amadurecimento espiritual, para nossa fé alcançar outros padrões e para reconhecermos tantas outras coisas que hoje fazem toda diferença na nossa alma. Somo pessoas melhores, queremos ser pessoas melhores. Caio e eu temos algo especial e isso é indiscutível. Não, não sou modesta no meu relacionamento porque quando falamos de tesouros, temos que descrevê-los exatamente como são.

 

Espero que mais uma vez o universo me faça sorrir. Já esta fazendo, já estou agradecida.

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!

Dia das Mães

Como agora estamos postando uma vez por semana, quero me adiantar e falar sobre mães. Na verdade, aposto que enquanto as palavras forem sendo escritas e o texto for ganhando forma, vai ficar claro um pouco de egoísmo da minha parte, afinal vou puxar sardinha pra minha mãe com certeza!! Sorry!

Peguei uma temática difícil porque nunca vou conseguir externar tanto amor e admiração. Minha mãe teve a filha com câncer, me levava na quimioterapia e ainda sorria quando entrava na sala para saber se estava bem, mas o olhar entregava, ela estava com o coração na mão, porém precisava me passar força. Ela segurava meu cabelo enquanto passava mal e limpava meu curativo quando estava recém-operada.

São conselheiras e como são sábias. Sempre trazem as melhores palavras, aquelas que se encaixam perfeitamente naquele vazio que às vezes sentimos. Possuem a capacidade de num pequeno cafuné sarar dores e tristezas. São aconchegantes, dá vontade de morar no colo delas e assim sabermos que sempre estaremos protegidos. A ligação nunca será igual com mais ninguém, claro, porque nós moramos 9 meses dentro delas e algumas vezes o amor é tão maior que conseguem ter filhos nascidos do coração. Que sorte!!

Ser mãe para mim é um dos meus principais sonhos. Assim que fiquei doente o anúncio que a quimioterapia poderia me deixar estéril me deixou um pouco triste, mas sabia que isso não era um limitador, seria mãe de qualquer jeito e sei que esse dom seria manifestado de alguma forma. Quando acabamos a quimio e fizemos alguns exames, confirmamos que meu útero estava funcionando plenamente. Estava fértil. Que graça tive, mais uma para agradecer pra sempre, mas ainda assim aqui dentro tem espaço para um filho do coração e sei que num futuro próximo ele vai nascer.

A melhor chance de ser feliz e do universo te enviar as melhores coisas é você respeitar sua mãe, independente das falhas que ela possa ter. Isso você e eu também temos, mas a diferença é que elas são um pouquinho da extensão do céu. São sublimes e se formos de alguma forma contra o amor puro que se encontra numa mãe, dificilmente seremos completamente felizes.

Agora aproveite e vá lá beijar e abraçar sua mãe! Não espere uma oportunidade, crie ela 😉

uma-linda-janela_mae

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!

União da família

Continuando o assunto (me aturem um pouco 😂), o casamento além de ser belíssimo pelo fato da união, traz união em outros sentidos. Por exemplo: a família e amigos falam sobre o mesmo assunto aí tudo fica sincronizado. Tenho muitos familiares fora do Rio de Janeiro, a maioria não mora no Brasil, então ver todo mundo se mobilizando pra poder estar junto a mim no grande dia é emocionante.

O mais importante, além de concretizar o matrimônio é estar rodeada de pessoas que nos acompanham e amamos. Sei que é difícil reunir todo mundo, mas com certeza alguns vão representar outros e assim nosso coração vai ficando quentinho, cheinho e impulsionando pra felicidade.

Ter alguns familiares aqui, além de matar a saudades, me traz de volta às minhas raízes, parece que não, mas só o fato de falar em outro idioma já é um elemento fortíssimo para voltar para um outro ponto fundamental da minha essência. Ouvir músicas, falar gírias da cultura chilena, contar as histórias de infância que não cansamos de relembrar e repetir…sério!? Já quero que cheguem logo!!

Hoje vejo que o sonho não está sendo só meu, muitos estão se movendo nisso e imaginando juntos o dia que vou entrar na igreja vestida de noiva. Não paro de pensar na minha reação quando vir a todos olhando pra mim, saber do sacrifício de alguns para estarem ali, perceber que depois de anos estaremos finalmente reunidos.

 

Parte da família do Chile
Parte da família do Chile

 

Algumas pessoas são avessas ao fato de fazer uma comemoração no casamento, mesmo uma pequena ou pequenininha tipo a minha, mas como não!? Quantas vezes no mês, no ano ou na vida conseguimos reunir tantas pessoas que amamos, ainda mais nesse contexto, quando a maioria mora longe? Como não oferecer a eles o mínimo, para retribuir o gesto maravilhoso deles se esforçarem por parar o trabalho deles por uma semana que seja, pegarem um avião, gastarem um pouco a mais e te oferecerem o melhor que podem dar: AMOR! Isso é tão maravilhoso gente!

Sei que estou focando muito aqui nos familiares e, principalmente nos meus, porém pra nós vai ser fundamental cada vibração boa, mesmo de pessoas não tão próximas, cada desejo de “sejam felizes”, às vezes até em pensamento. Todo esse carinho, toda essa corrente de luz, todo esse universo que passa a ser totalmente novo precisa ser comemorado, festejado e agraciado.

 

img_6117

 

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!