O Pequeno Príncipe

Ler sempre foi um dos meus principais prazeres. Quando descobri que teria que passar por um novo câncer de mama e já conhecendo os protocolos que estavam por vir, pensei em separar alguns livros para aproveitar o meu período de reclusão, rs. Sempre levava um para a sessão de quimioterapia, mas quem acabava lendo era minha mãe, até para entretê-la naquelas quase 5 horas de espera. Mesmo se quisesse deslizar meus olhos pelas linhas repletas de histórias, ficava logo um pouco sedada, consequência dos medicamentos que já podia sentir entrando por minhas veias. Em seguida a luz passava a ficar incomodativa aos meus olhos e, então, procurava dormir. O tempo passou e o fato de não estar conseguindo manter esse antigo hábito que tanto me relaxava e encantava, começou a incomodar. Porque não conseguia colocar atenção naquelas páginas? Tentei diferentes livros e nada! Logo, a resposta apareceu por uma profissional. Minha terapeuta! 👏🏻     Ela LEIA MAIS [...]
Gostou? Então compartilhe!