Musicoterapia

Nós convivemos com muitas pessoas de perfis diferente em nossa rotina e acho super importante a gente reconhecer as qualidades positivas do outro. Além desse ato incentivar essa pessoa, nos ajuda a exercitar a nossa visão espiritual. Sempre há coisas boas ao nosso redor, basta percebê-las.

Neste frasquinho (sim, chamamos carinhosamente nossos textos assim) vou contar um exemplo prático disto.

Trabalho com muitas pessoas queridas, especiais, muito boas e humildes. A maioria sempre está disposta a ajudar das maneiras mais diversas possíveis.

Fiquei muito feliz hoje, pois assim que cheguei um vigilante me contou sobre um projeto novo. O Ricardo adora música e por conta disto estudou e aprendeu a tocar diversos instrumentos. Há 1 ano ele com um grupo de amigos já se encontravam para tocar juntos e se uniu a eles como integrante da escola de música Dom Maior. Mais de uma vez comentei sobre ele com o Caio, pois o acho muito empenhado, além disso ele sempre procura investir no que gosta e não fica arranjando desculpas como falta de tempo ou dinheiro.

Neste fim de semana os integrantes da escola Dom Maior, viram que podiam fazer mais com o dom que eles têm.

Em parceria com a secretaria de cultura de Paracambi, onde moram, levaram a terapia pela música no hospital local. Tocaram desde “Como Zaqueu” a “Garota de Ipanema”. Foi um sucesso!!

img-20170213-wa0014

Fiquei emocionada com a iniciativa, pois mais do que ninguém sei como um quarto de hospital pode ser frio e triste. Levar um pouco de alegria, de aconchego e a paz que a música transmite, foi o jeito que eles encontraram de ajudar.

Tudo isso me fez lembrar do meu “kit quimio”: um bom livro, algumas músicas e revistas que sempre levava para passar o tempo enquanto o remédio era aplicado. Quando colocava o fone conseguia me teletransportar e sair daquela sala. Podia ir a qualquer lugar.

O mesmo acontecia no caminho, indo para a radioterapia. Algumas músicas ficaram marcadas e sempre que as ouço lembro daquele período. Era uma época feliz, já que a quimioterapia tinha acabado e meus cabelos já davam um sombreado na minha cabeça.

Fazer acontecer só depende da gente, para ser generoso basta ter boa vontade, não precisamos de rios de dinheiro ou muito tempo. É só ter um bom coração e solidariedade.

img-20170213-wa0015

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!

Ser falado para ser lembrado

Sabe aquela velha frase: “ser visto para ser lembrado”? Acho super apropriada e comparo esse ditado aos cuidados que devemos ter com nossa saúde. Quanto mais falarmos sobre isso, mais vamos lembrar de marcar aquele exame que há tempos deveríamos ter feito, ou de passar no médico e mencionar algum sintoma anormal ou de simplesmente fazer aquele “check up” que não fizemos no último ano.

Ontem foi o Dia Nacional da Mamografia

Nesta semana que passou, tivemos o Dia Mundial do Câncer (04.02) e o Dia Nacional da Mamografia (05.02). Além disso, durante o ano temos o Dia Mundial de Combate ao Câncer, temos o Outubro Rosa e tantos outros que podem te “saturar” um pouco. Deve cansar escutar tanto essa palavra, correto? Não!! De jeito nenhum, pois esses dias foram criados para nos conscientizar a fazermos um diagnóstico precoce, porque as chances de cura aumentam muito. Quanto mais campanhas houverem, quanto mais se falar sobre isso, o “tabu” cai e você vai perder o medo dessa palavrinha de 6 letrinhas.

Fico muito feliz de saber que hoje em dia, existe uma grande mobilização para o combate da doença. Mas ainda quero mais, evitar a doença é muito melhor do que sofrer as consequências de te-la, então, porque não se cuidar? Porque não prestar atenção no seu corpo? Porque não tirar um tempinho para se amar? Gente, se AMAR é muito bom e não dói nada.

O câncer de mama tem tratamento, tem CURA, mas mesmo assim é muito melhor preveni-lo.

Eu descobri a doença aos 24 anos e sem histórico nenhum na família. Ainda assim, de tanto ver em anúncios e por pura curiosidade, fazia o autoexame e ele me salvou.

Informação sempre é bom, quanto mais tivermos e quanto mais a absorvermos, mais fácil de conseguir sucesso e tudo o que ele trás, inclusive o mais importante: SAÚDE!

world-cancer-day

 

Ps: se quiser comentar, basta clicar no título do post. Abrirá uma janela com o campo de comentários abaixo 😊

Gostou? Então compartilhe!